Como treinar de forma correta sem sair de casa?

|

Treinar em casa sempre será uma ótima alternativa para manter a saúde em dia, porém, é preciso realizar os exercícios corretamente para obter os resultados esperados.

Portanto, confira a seguir algumas dicas de como treinar de forma correta.

1. Faça uma avaliação médica

Um erro que muitas pessoas cometem, é se esquecerem de que, assim como na academia, o treino em casa também vai exigir muito do seu corpo. Então, é imprescindível que haja uma avaliação médica para evitar problemas de saúde.

Faça um check-up geral para conferir se está tudo bem com o seu corpo, independentemente da sua idade e não pule esta etapa de forma alguma, pois o objetivo é se manter saudável, não o contrário.

Uma avaliação médica é importante, pois será a partir dela que você irá definir a carga e a intensidade dos exercícios que você vai poder fazer.

Se você possui doenças crônicas como hipertensão, asma e diabetes, por exemplo, esse acompanhamento é fundamental para saber se o uso de medicamentos interfere e o que fazer para evitar uma crise. 

Passar pelo médico é importante também caso você tenha problemas ortopédicos, como lesões e dores no joelho, ombros e outros músculos e ligamentos, pois evitará que o quadro fique mais grave.

As atividades físicas são excelentes aliadas no tratamento e controle de diversas doenças, porém, para resultados realmente positivos, é preciso que sejam realizadas de forma consciente e responsável.

2. Faça exercícios corretamente

O maior desafio de treinar em casa é ficar atento à postura correta para a prática de cada exercício e cumprir as séries corretamente. 

Não vale interromper o número de repetições porque sentiu a barriga ou as pernas queimarem, pois a dor da prática da atividade indica que o seu corpo está respondendo ao estímulo — desde que não seja forte a ponto de te impedir de fazer as atividades cotidianas ou te provoque lesões.

Além disso, muitas pessoas não respeitam as regras de cada exercício ou não buscam um ambiente adequado para isso. Em algumas atividades de alto impacto ou que requerem mais atenção aos movimentos, por exemplo, é necessário um local confortável como uma grama sintética decorativa, um tapete para exercícios etc. Evitar treinar em um local que possa machucar é essencial. 

3. Faça aquecimento antes de começar o treino

Muita gente não gosta de se aquecer ou alongar antes de começar o treino, mas até mesmo em casa essa etapa não pode ser deixada de lado. 

Além de preparar o seu corpo para os exercícios, alongar evita lesões e cãibras e deixa o treino mais leve e tranquilo.

4. Respeite o seu nível

Uma coisa é certa: não adianta — e nem é correto — buscar exercícios difíceis se você é um iniciante. 

Ao fazer isso, você pode acabar se frustrando por ainda não possuir a resistência física necessária para algo tão avançado e, pior, pode acabar tendo uma lesão grave ao exigir do seu corpo mais do que ele consegue executar no momento.

Portanto, tenha em mente que o seu corpo precisa de tempo para se adaptar e criar memória, e que as mudanças de nível acontecem, em média, a cada 3 meses. Respeite seus limites!

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.